Ferrari F40 1987

24 05 2010

Ferrari F40: Começa a corrida dos Supercarros...

Em 1987 a Ferrari completava 40 anos, estava há 8 sem um título da Fórmula 1, Enzo Ferrari vivia seus últimos dias e por fim a Scuderia via crescer no seu retrovisor outras grandes marcas, tentando abocanhar uma fatia do seleto mercado dos supercarros, onde a Ferrari reinava preguiçosamente sozinha.

O melhor carro da Ferrari na época era a GTO 288, tinha 400 cavalos e um bom desempenho, só que a vizinha do norte, a Alemanha, havia lançado em 1986 o Porsche 959, que nada mais era que um 911 reestilizado e alargado e com muitas melhorias tanto em potência, quanto em tecnologia. A GTO tinha seu público, mas os predicados do 959 roubaram a cena, fora que a Porsche queria o título de carro mais rápido do mundo, e a Ferrari convenhamos, não iria aceitar que lhe esfreguassem isso na cara em pleno aniversário cheio.

A F40 é tão brega quanto os anos 80...

Feirão de Ferraris F40 em Roma...

A Ferrari então copiou em parte da receita Porsche e utilizou o mesmo chassi da GTO para criar outro carro. De fato a F40 também parece uma GTO encorpada, porém ao invés de criar um monstrinho tecnológico como o 959 , a Ferrari mais purista as idiossincrasias das corridas deixou a F40 tão tosca quanto um carrinho de “rolimã” chegando ao desaforo de colocar uma cordinha para abrir as portas internamente…

Em termos de estilo nada a acrescentar, a F40 era tão brega quanto um grupo de rock progressivo e seus integrantes com corte de cabelo mullet, mas o 959 também não fugia a esta regra. Ambos inclusive eram mais feios que os seus modelos base. Porém eram algo mais velozes e caros, e status era o que ambas marcas buscavam.

A F40 chegou com o preço base de US$ 360 mil e com o anúncio de que seriam fabricadas somente 400 unidades. Mas o impacto do seu lançamento foi grande e seus números de performance empacotaram de vez o eficiente alemão 959, batendo a barreira dos 320km/h a F40 tornou-se o carro mais veloz do mundo.

O mais rápido carro da década perdida: 320km/h

Um Supercarro italiano em Paris.

Mas mesmo se você achasse uma maleta com 360 mil dólares não significava que poderia comprar uma F40. A Ferrari tinha outras exigências como possuir outros 2 modelos Ferrari e também você tinha que ter referências de outros clientes Ferrari. Na verdade eu ousaria dizer que a F40 como seus sucessores, como F50 e Enzo, não são vendas mais sim concessões que a Ferrari faz. Esses carros mesmo na garagem de seus “donos”  ainda pertencem a marca de Maranello.

Em questão de meses porém, o preço do modelo subiu até atingir US$ 1,6 milhão. Inúmeros pedidos de magnatas, sheik’s árabes, marajás indianos, pilotos, ex-pilotos, etc, fizeram com que a Ferrari produzisse modelos F40 “a todo vapor” atingindo a produção total de 1315 unidades, não são números de um Toyota Corolla, mas nada mal para um carro de preço salgado e feito a mão.

A F40 foi o último projeto que o Commendatore Enzo Ferrari acompanhou, o teimoso e rabugento velhinho partiu em 1988. Ele sempre esnobou um pouco seus próprios carros de rua, vendo-os como um meio de adquirir fundos para os custos das corridas.

Carro de rua mais veloz, já em LeMans...

Mais confortável que carros alemães, como a Kombi por exemplo...

Motor V8, 2.9 litros e 478 cavalos, baita small block...

O motor deste ‘Shrek’ vermelho era um V8 de 2.9 litros com biturbo com 1,1 kg de pressão (Olhem ai Apzeiros…) e 478 cavalos, mais do que suficientes para sustentar seu título de carro mais veloz das ruas. Maaasss na pista, para a Ferrari a história é sempre diferente quando se trata de modelos turismo. A F40 foi um magnifico fracasso nas 24 horas de LeMans.

A F40 competiu em 1995 e 1996,  no primeiro ano a melhor colocação das Ferraris F40 que competiram, foi um décimo segundo posto, no ano seguinte um longinquo trigésimo quinto, pouco para uma Ferrari que fôra durante 7 anos o carro mais veloz do planeta. Porém é necessário lembrar que em 1995 a F40 já estava descontinuada e havia outros carros muitos rápidos, alguns mais até que a própria F40.

Uma F40 chegou a desembarcar no Brasil, comprada pela Fiat brasileira o carro ficou exposto no Salão do automóvel de 1990. Foi o primeiro modelo Ferrari que este blogueiro viu, mas sem me abalar muito, logo fui ver o novo modelo de Cadillac Fleetwood em outro estande. Pouco se sabe do destino final deste Ferrari, dizem  que o então presidente Fernando Collor o havia comprado, outros dizem que ainda está com a Fiat, fato é que o modelo sumiu dos olhos do público.

Curto, baixo e largo como todo supercarro...

Orfã: A F40 foi o último lançamento de Enzo Ferrari...

A F40 e os Tifosi italianos. (Muitos deles na verdade andam de Peugeot 206 ou de Fiat Punto)

O maior legado da Ferrari F40, foi o de inciar uma corrida entre muitas marcas de Supercarros para se lançar o mais rápido “automóvel de passeio” do mundo. Supercarros já existiam antes da F40, mas foi com ela que a alta performance começou a ganhar vulto. Ferrari, Porsche, Lamborghini Bugatti e outras tantas marcas pequenas do gênero, se esmeram ainda hoje para lançar modelos cada vez mais velozes e exclusivos.

A F40 deixou de ser fabricada somente em 1992, muito além das expectativas iniciais. Mas mal a Ferrari havia aposentado a F40 e a McLaren lançou o carro que acabou destronando os italianos, o McLaren F1, que segundo muitos era um F1 de rua, exageros à parte. A história da Ferrari F40 já havia sido contada.

Fosse eu muito, muito rico e já tivesse uma coleção de carros quase completa. Eu teria uma F40 só pra umas voltinhas, como eu não gosto de Ferraris, pra mim a F40 seria como a também italiana mortadela, a gente prova e curte por um instante e depois fala mal o restante do tempo.

Videos: Top Gear, Fifth Gear, comparativos com o Porsche 959, e avaliações, aqui tem quase tudo sobre o feioso “Rocky Balboa”  da Ferrari.

Ficha Técnica

Fabricante: Ferrari S.p.A – Maranello, Emilia–Romagna – Itália

Motor

  • Cilindrada: 2.9 litros, 8 cilindros em V
  • Torque: 58,8 kgfm @ 4500rpm
  • Potência: 478cv @ 7000rpm
  • Relação peso/potência: 2,30kg/cv

Dimensões e Peso

  • Comprimento: 4,43m
  • Largura: 1,98m
  • Altura: 1,13m
  • Peso: 1100kg

Desempenho

  • 0 a 100km/h: 3.7s
  • 0 a 160km/h: 7.8s
  • 0 a 400m: 11.7s @ 200km/h
  • 0 a 1000m: 21s
  • Velocidade Máxima : 323km/h

Fonte Dados Técnicos: www.torquestats.com

Autor: Emerson Martinez

Anúncios

Ações

Information

10 responses

16 08 2011
Leandro Cordeiro (@leacorsa)

Ridiculo os comentarios sobre a reportagem acima, aposto que o escritor da materia não passa pela cara de um NERD paga pau dos lixos americanos beberrões e que não andam nada, que me lembre nunca ouvi dizer que um corvette seja um carro que tenha algum recorde….

18 08 2011
Emerson Martinez

E você deve ser um Agroboy, ou mesmo BOI pelo par de chifres, que sonha com Ferrari mas anda de Astra 2008 cosignado. Beberrões? Já saiu alguma Ferrari hibrida? Não anda nada? Leia a história imbecil, em LeMans a Ferrari tomou pau 4 anos seguidos nos anos 60 do Ford GT40 com o mesmissimo motor do Mustang. Ferrari é até um belo esportivo, mas como carro de rua pra girar em pedestal em Salão de Automóvel, na pista é Porsche, Viper, Ford GT etc muito mais que carros de poster.

Ah! A porra do blog é meu e aqui opino sobre o que eu quiser.

5 04 2012
IVANO TOGNOCCHI

vc e otário mesmo gareanto que tem um opala 4cc e por isso que vc e babaca Emerson Martinez do Opalao kkkkkkkkkkkkkkk

10 04 2012
Emerson Martinez

Pela sua ortografia e vocabulário estamos vendo quem é o otário e o babaca. Eu garanto que nem Ferrari Scuderia você sabe escrever corretamente, é preciso um médium para alfabetizar um energúmeno como você.

1 03 2012
adriano luis dall alba

emerson muito boa a sua resposta,acho que anda mesmo é de tempra 93 ou entao na porcaria do fiat cupe pininfarina.

24 04 2012
Roberto

Já estaria contente com um Ka Sport 1.6 Amarelo.

9 09 2012
rafael

É, pelo que vi todos os videos os pilotos dizem bem o contrário de tudo que falou dessa lenda que é a F40.

11 09 2012
Emerson Martinez

Rafael, Roberto e Adriano, tipicos brasileiros acostumados a essas avaliações ‘chapa-branca’ que os leigos adoram assistir nos programas auto-esporte da vida. Onde todo carro presta e press-release e ação comercial tem credibilidade e isenção …

Piloto pode dizer o que quiser, muitos são pagos para guiar e comentar favoravelmente, mas a verdade é que todo carro tem suas limitações e a F40 está longe de ser exceção. Foi na mão de pilotos profissionais que a F40 não ganhou nada em LeMans, quem se importa com opinões quando há fatos?

O carro que eu ando ou não ando não vem ao caso, e se ao acaso alguns de vocês andem de F40, vão pra pista pilotar e me deixem em paz com minha liberdade de expressão. Querem ler só elogios, obviedades, jabás e puxa-saquismo? O site do auto-esporte é a serventia da casa

17 09 2012
Rafael Mariot

Bom, primeiro de tudo! o Programa Top Gear para quem assiste, sabe que eles fala a verdade sobre os carros, to cansado de ver eles testarem os carros e apontarem os defeitos. fazem isso com Ferraris, Bugattis, gt40 entre todos os outros carros. entao nao diga q pessoas q pilotaram o carro estao mentindo sobre as avaliações. o auto-esporte concordo que é materia comprada, agora o Top Gear é famoso por dispertar a ira de diversor fabricantes! o GT 40 foi desenvolvido pela Divisao BRITANICA da ford ou seja; foi feito na EUROPA e nao nos estado unidos de onde só foi o motor. muitos carros ganharam a le mans. ate carro a disel anda ganhando….
Outro fato para vc.. O JAGUAR XJ220 ja era o carro mais rapido do mundo antes da MACLAREN F1, o jaguar foi o mais rapido de 1992 a 1994.
agora o seguinte, cada um com sua opiniao só nao podes falar coisa sem nexo sobre carros. comparar uma F40 com uma Maclaren F1 q nao fazia curva ou os lixos americanos que só andam em linha reta, é o mesmo que comparar um dragter americando ou INDY com F1. a F40 é simplemente linda pela simplicidade, como varios pilotos descrevem é um Kart V8. só espero q pesquise mais antes de falar besteira, afinal a F40 nao seria um icone se nao tivesse muitos pontos positivos, teria caido em esquecimento como o Jag XJ220 e até mesmo muitas outras ferraris!

19 09 2012
Emerson Martinez

Hahahaha Mclaren F1 não fazia curvas? Fala besteira moleque, esse carro aliás foi mais bem sucedido que a F40 nas pistas…dizer que essa Ferrari foi mal em LeMans é falar coisa sem nexo? Ou é um fato consumado e documentado? Vai pro inferno abraçar o comendador…

“Linda pela simplicidade” Se você acha lindo Picolés, é uma opinião. Foi com motor de Muscle Car que a ferrari tomou capote do nosso querido Carroll Shelby, com seu Ford GT nos anos 60, vai pesquisar seu idiota que vai encontrar a mesma informação baba-ovo!

Ferrari é carro de “sonho”, Muscle car é carro de realidade, muito mais americanos adquiriram muscle cars, que italianos compraram esses carros ultra-caros e que ninguém vê na rua.

Muscle Car acelera pra carai, e ainda você pode ir no supermercado, buscar filho na escola e viajar com amplo espaço pra bagagem, diferente desses muitos supercarros que mal cabem duas pessoas e o porta-malas só leva uma carteira ou smartphone.

Automobilismo não é religião (e mesmo essa é questionável) então engula a opinião alheia ou vá brincar com sua ferrarizinha distribuida pelos postos Shell! ahahahahaha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: