Fonds d’Écran – Esportivos Franceses

6 09 2010
1970 Renault Gordini R12

Franceses: 'Feios' com conteúdo...

Os carros franceses são famosos pela feiúra, ou pelo menos por alguns exóticos e polêmicos designs, mas também pela tecnologia e inovações empregadas, sabendo como aliar sofisticação e praticidade. As marcas francesas não são tão lembradas pela esportividade quanto as alemãs e italianas, mas objetivamente falando, tiveram semelhante êxito competitivo. Carros velozes e de excelente performance que vão desde pequenos hatches apimentados até carros campeões de F1. Pra brasileiro que gosta de acelerar vale a pena ser freguês dos franceses. Allez!

-Emerson Martinez

Anúncios




Renault Mégane RS 2010

7 04 2010

Novo Mégane RS: Menos feiúra, mais desempenho

Os franceses tem uma certa fama de fazer carros feios, mas o francês (na verdade franco-espanhol) Mégane RS, é uma exceção (ou quase), ganhando cerca de 30cv a mais em relação a versão anterior, e muitos pontos extras em estética. O novo Mégane tem uma versão esportiva que o torna um dos mais rápidos Renaults da história.

Não que a concorrência esteja dormindo, em matéria de hatches esportivos a Europa está bem servida. Com foguetinhos como: Focus RS, León Cupra, Golf R32 e Civic Type R. Excluindo-se o Honda nipo-inglês os outros citados tem mais cavalaria que o Renault. Mas os parisienses não deixam por menos,  e tem muito a transferir em tenologia, já que tem muita experiência no principal laboratório automobilístico. A Formúla 1.

Renault F1: Expertise das pistas para a rua.

Belas rodas aro 18.

Escape central, gostei!

O Mégane RS vem com motor de 2 litros, turbo alimentado, que lhe dá um bom torque de 34,7kg. Sendo que 80% deste torque vem com apenas 1900 rpm. Para aumentar ainda mais seu poder de arrancada (já que tem tração dianteira), o carro é dotado de um diferencial auto-bloqueante. A potência é de 250cv.

No câmbio, você tem alertas visuais e sonoros para a troca de marchas. Os bancos dianteiros são em forma de concha, similares aos de competição. Pedais esportivos, conta-giros de fundo amarelo completam um acabamento bem agressivo.

Lindo painel, apenas uma ressalva a exagerada inclinação dos mostradores.

O conta-giros amarelos é um charme à parte.

A Renault mandou bem também nos pedais.

Bancos que vestem.

As entranhas do Mégane.

Veredicto: Enquanto os brasileiros pagam muito caro para guiar Renaults como o Logan, Sandero ou um Clio defasado e de motor bem cansado, os europeus podem por exemplo, adquirir por um preço justo um belo Hatch da Renault que chega a quase 250km/h. A gasolina deles é mais cara, as leis de poluentes são muito mais rigidas, então qual é a explicação? Enquanto ela não vem sinta inveja dos motoristas europeus.

 

245km/h por 30.000 euros.

Videos: O primeiro é de  impressões sobre o carro da revista holandesa AutoWeek. O segundo é um passeio nas ruas de Mônaco com o piloto de F1 Fernando Alonso (quando este estava na Renault) e o último é uma breve espiada na fábrica do Mégane RS na Espanha.

Ficha Técnica

Fabricante: FASA Renault – Palencia, Castilla y León, Espanha – União Européia

Motor

  • Cilindrada: 2.0 litros
  • Torque: 34,7kgfm @ 3000rpm
  • Potência: 250cv @ 5500rpm
  • Relação peso/potência: 5,7 kg/cv

Dimensões e Peso

  • Comprimento: 4,22m
  • Largura: 1,80m
  • Peso: 1422kg

Desempenho

  • 0 a 100km/h: 6.5s
  • 0 a 120km/h: 8.5s
  • 0 a 160km/h: 14.6s
  • 0 a 1000m: 25.7s
  • Velocidade Máxima: 245km/h

Fonte: Revista Sport Auto, Janeiro de 2010.

Autor: Emerson Martinez.