Seat León TDI WTCC

28 04 2010

León TDI: Bi-campeonato em cima das BMW's série 3 á gasolina.

Assim como a Audi se deu bem com o diesel em LeMans, a espanhola Seat repete o sucesso nas pistas no mundial de turismo (WTCC), não por acaso, ambas marcas fazem parte do grupo Volkswagen. A fábrica de Martorell, Catalunha, conquistou os mundiais de 2008 e 2009, derrotando as BMW série 3, Chevrolets Cruze e até Ladas.

Este video mostra em detalhes o Seat León TDI em 2008, carro de Gabrielle Tarquini que era da equipe Seat Sports. Infelizmente a montadora abandonou oficialmente a categoria, fato duramente criticado (e com razão) pelo piloto italiano.

-Emerson Martinez

Anúncios




Ford Sierra Cosworth RS 1986

31 03 2010

Sierra Cosworth : O paciente inglês.

Carente de vitórias em pistas européias, desde as conquistas do exterminador de Ferraris GT40.  A Ford queria retomar o caminho do sucesso, para tal a Ford inglesa reativou a antiga parceria com os engenheiros da Cosworth.  Eles estavam trabalhando em um novo motor denominado YBB que possuia 180cv. Para que ambas as partes apertasssem as mãos, a Ford exigiu que o motor ‘Cossie’ tivesse no minimo 204cv.

Por outro lado a montadora se comprometeu a comprar 15.000 motores, 10.000 a mais que o previsto inicialmente, o carro escolhido seria o médio Sierra e…Done Deal! Nascia o Sierra Cosworth RS, que foi apresentado ao mundo no Salão de Genebra em Março de 1985.

O exagerado aerofólio livrava o Sierra de turbulências em altas velocidades.

O  motor Cosworth do Sierra era equipado com uma turbina Garret T3, e rendia 204 cavalos à 6000 rpm, com poucas alterações podia-se subir até 300, 325 cavalos, extraindo um excelente desempenho. O Sierra Cosworth foi um dos últimos fords europeus com tração traseira e nas suas últimas edições passou a ter tração integral. Outra versão esportiva mas sem tanta audácia era o XR4, que chegou a ser exportado para os EUA com o nome de Ford Mercur.

Belas linhas...coisa rara nos anos 80...

 O Sierra obteve relativo sucesso no turismo britânico (BTCC) assim como no mundial (WTCC) disputava também as provas de rali do grupo B, logo após a restrição de potência que sofreu esta categoria. em 1986. O Sierra além da Europa era produzido também na Argentina e África do Sul, o modelo africano em sua versão esportiva (XR8) possuia um motor Ford 302 V8, e era exportado também para a Inglaterra, porém seu desempenho era equivalente ao do Cosworth britânico.

 
 O Ford Sierra antecedeu o Mondeo, lançado em 1993, no entanto coube ao Escort levar adiante a estirpe Cosworth, bem como o nome Ford nas competições de rali e pista, o Sierra Cossie no entanto se tornou já um novo clássico e ainda é muito utilizado em provas de rali amadoras, ou até mesmo pegas de rua no norte da Europa com alguns cavalos de potência extra.

Fim de uma Era: último Ford europeu com tração traseira.

Video: Um Sierra Cossie com muitos cavalos extras exilado no Japão.
 

 
Ficha Técnica:
 
 
Fabricante: Ford of Britain – Brentwood, Essex – Reino Unido
 
 
Preparador: Cosworth Automotive Engineering – Northhamptom, Reino Unido
 
 
Motor:
  • Cilindrada: 2.0 litros
  • Torque: 28,2 kgfm @ 4500rpm
  • Potência: 204cv @ 6000rpm
  • Relação peso/potência: 6,12 kg/cv

Dimensões:

  • Comprimento: 4,46m
  • Largura: 1,73m
  • Peso: 1250kg

Desempenho:

  • 0 a 100km/h: 6.2s
  • 0 a 160km/h: 16.1s
  • 0 a 400m: 15.5s @ 152km/h
  • 0 a 1000m: 27.3s @ 195,2km/h
  • Velocidade Máxima: 230km/h

Fonte: Revista Autocar, Agosto de 1986

Autor: Emerson Martinez