A Fénix!

22 08 2012

Visite nossa fanpage de carros clássicos no Facebook!

Pessoal, é com grante satisfação que retomaremos as atividades neste blog, novas matérias, publicação de testes, e muitas novidades como por exemplo nossa fanpage no Facebook, a Word Classic Cars onde há foram postadas mais de 2000 imagens de carros clássicos do mundo inteiro, dividos por álbuns e países em imagens raras e em sua maioria grandes e/ou de alta resolução. Vão de  automóveis de grandes potências automobilístcas a até pequenas nações produtoras, entre nossas raras imagens foram publicadas muita publicidade antiga também. Vale a pena conferir, curta nossa página!

https://www.facebook.com/WorldClassicCars

Pedimos desculpas aos que acompanhavam nosso blog, vamos voltar de forma definitiva após quase 2 anos! É o corre-corre da vida, mas enfim quem curte automóveis esportivos, luxuosos antigos e as grandes marcas mundiais sempre será bem-vindo aqui e encontrará sempre coisas interessantes. Obrigado à todos e nos vemos amanhã!

Anúncios




Holanda vs. Espanha

11 07 2010

Agora é a hora da verdade!

Pois bem amigos do Punta Taco, é chegada a hora! Como diria a saudosa (e com todo respeito, gostosa) Leila Diniz, “Brigam Espanha e Holanda pelos direitos do mar” ou da pista? Nosso último comparativo da Copa não poderia ser outro, senão de dois supercarros oriundos das duas nações finalistas do mundial na África do Sul.

A Espanha enquanto construtor de automóveis, é uma espécie de “Uruguai”. Já teve muita tradição no passado, (como dissemos aqui na matéria dos velozes Pegasos), e além destes, da peninsula ibérica vieram também a Hispano-Suiza e Abadal. Hoje porém, o país é um grande produtor de automóveis  de montadoras multinacionais, e somente a Seat e a fabricante de utilitários Santana sobreviveram como matrizes.

O espirito superesportivo espanhol sobrevive agora apenas com raras iniciativas de pequenos fabricantes como a Tramontana, e a GTA Motor Competición que é na verdade uma equipe de corridas espanhola que compete na Fórmula 3 europeia, Superleague Formula , e nas competições GT de protótipos espanhola e do continente europeu. Entre as revelações deste time está o piloto espanhol Jaime Alguersuari.

GTA Motor: das pistas para a rua, praxe entre os fabricantes de supercarros.

Tanta expertise no mundo das competições, levou a GTA a fabricar em edição limitada para as ruas seu primeiro supercarro, o GTA Spano, o carro espanhol mais veloz de todos os tempos e um dos mais rápidos do mundo na atualidade. Apenas 99 unidades do Spano serão produzidas pela GTA na sua sede em Torrent, Valência.

A holandesa Spyker também tenta incluir a Holanda na elite de produtores de carros exóticos. A marca ganhou força recentemente quando comprou a combalida montadora sueca Saab, o que tornou a marca um pouco mais conhecida. A Spyker herda o nome da antiga marca holandesa de carros e aviões Spyker que fechou as portas em 1929.

"Nulla tenaci invia est via"

Além do nome o lema também se repete: Nulla tenaci invia est via, do latim algo como: “Para os tenazes nenhuma estrada é intransponível”. Certamente não para estes holandeses que competem também nas pistas. No passado recente tiveram até equipe de Fórmula 1, e na LeMans Series categoria GT2 colocaram um dos seus modelos, o C8 Laviolette, para competir.

O último lançamento da Spyker é o C8 Aileron Spyder, que na verdade em termos de desempenho e até de proposta não é lá muito comparável ao GT Spano, devido a superioridade em potência e performance do espanhol. Em comum no entanto a origem no mundo das corridas que ambas marcas europeias possuem. Se fosse pilotar uma destas máquinas, por qual optaria?

Aileron Spyder: Literalmente uma 'Laranja Mecânica'

Spyker C8 Aileron Spyder, 2010:  O supercarro holandês vem agora em versão conversível derivado do Laviolette, e é equipado com motor Audi V8 4.2 litros e 405cv. Sua carroceria é em alumínio, e seu interior vem em um sugestivo laranja que é revestido em couro, mas pode vir também em 14 tons. Sua capota tem por sua vez 8 opções de cores.

A transmissão pode ser automática ou manual de seis marchas, o acionamento da sua capota tem acionamento eletrohidráulico. O Aleiron por questões logistícas é fabricado em uma unidade da Spyker em Whitley, no Reino Unido.

A marca dispõe de uma crescente gama de modelos esportivos e são aguardadas futuras novidades após a aquisição da Saab, quem sabe virá em breve uma verdadeira “laranja mecânica” para encantar os automobilistas do mundo inteiro.

O carro mais veloz da Casa de Orange.

Carroceria em alumínio e interior em couro. Tudo feito a mão...

Fabricantes: (Sede): Zeewolde, Holanda  (Montagem): Whitley, Reino Unido.

  • Motor: 4.2 litros, 8 cilindros em V
  • Potência: 405cv @ 5800rpm
  • Torque: 49mkgf @ 4000rpm
  • 0-100km/h: 4.5s
  • Velocidade Máxima: 300km/h

 

GTA Spano: Poderosa fúria espanhola.

GTA Spano, 2010: Serão produzidas apenas 99 unidades deste que é simplesmente o mais furioso carro espanhol já lançado. O supercarro hispânico é feito em fibra de carbono e possui algumas amenidades tecnológicas, como um teto envidraçado de transparência regulável com cristal liquido, esse mesmo recurso é aplicado como Para-Sol. Compensando tanta visibilidade para frente e para o céu, não há no entanto, visibilidade traseira que só é possivel através de uma câmera.

Ajustável também é o sistema de suspensão, tanto em geometria como em altura. Os freios para estancar seus 780cv são em carbono-cerâmica. O motor é de Viper, um V10 de 8.3 litros. A transmissão é de semi-competição sequêncial com manopla atrás do volante automática, ou alavanca no console manual.

O Spano vem credenciado pela experiência da marca GTA nas pistas. É um supercarro de fato. Um touro furioso de quase 800cv que dará mais peso a camisa da Espanha no mundo do automóvel. Ele vem exatamente da terra onde nasceu em 1976 o pequeno Ford Fiesta, em Valência, o Spano torna-se então  um marco evolutivo do país em termos econômicos, tecnológicos e quiçá futebolísticos…

Lançamento do Spano na Ciutat de les Arts, em Valência.

 

Cockpit onde desfrutarão apenas 99 sortudos...

Fabricante: GTA Motor Competición – Torrent, Valência – Espanha

  • Motor:  8.3 litros, 10 cilindros em V
  • Potência: 780cv @ 6000rpm
  • Torque: 93,8 mkgf @ 4700rpm
  • 0-100km/h: 2.9s
  • Velocidade Máxima: 350km/h

Fonte Dados Técnicos: Fabricantes

Autor: Emerosn Martinez

¡Suerte Furia Roja!

 

 

 





África do Sul vs. México

11 06 2010

É chegada a hora! Quais destes esportivos se classificariam para uma vaga na sua garagem?

Em ‘Confrontos da Copa’ queremos saber a sua opinião. Entre esportivos clássicos e atuais, muscle cars, supercarros, roadstes e até SUV’s queremos saber quais destes “craques” você queria no seu time de carros. E pra começar dois que abriram a Copa do Mundo, África do Sul e México.

Representando os Bafana Bafana, o Muscle Africano Chevrolet Firenza Can-Am 1973, série especial raríssima de apenas 100 unidades com motor de Camaro 302 e 290cv . Do Lado mexicano o moderno roadster Mastretta MXT 2008, equipado com motor Ford Duratc de 240cv. Escolha quem tem mais folêgo e desempenho nessa Copa!

Do lado Africano joga esse belo Chevrolet Firenza de 5 litros e 290cv

Chevrolet Firenza Can-Am 1973:  Um dos raros Muscle Cars sul-africanos, este chevrolet tem origem no Vauxhall Firenza inglês, porém a versão Bafana Bafana é muito mais atlética. Este modelo foi equipado com o motor do Camaro Z/28 de 1969, são 290cv e um desempenho avassalador, já que o Firenza africano é um tanto quanto menor e mais leve que o Camaro. Foram fabricadas apenas 100 unidades, somente para homologar o modelo nas provas de turismo na África do Sul.

De tão raro, até réplicas deste modelo alcançam valores vultuosos, nascido sob o regime cruel do Apartheid, talvez hoje o Firenza sirva de inspiração para o desenvolvimento da industria automoilística sul-africana hoje.

  • Motor: 5.0 litros, 8 cilindros em V
  • Potência: 290cv @ 4600rpm
  • Torque: 44,3 mkgf @ 2400rpm
  • Aceleração 0 a 100km/h: 5.4s
  • Velocidade Máxima: 229km/h

Com tantos cavalos será que dá zebra?

 
 
 
 

Pela seleção mexicana joga o picante MXT

Mastretta MXT 2008: O MXT tem muita fibra, fibra de vidro, e é uma iniciativa da empresa Tecnoidea de produzir um esportivo 100% mexicano, ou quase, num país repleto de fabricantes estrangeiros. Apresentado como protótipo em 2008, o MXT iniciou sua produção em dezembro daquele ano, visando principalmente o mercado americano e europeu.

Seu motor é um Ford Duratec de 240cv, que empurram só 970kg. É de se esperar um excelente desempenho de um carro compacto como este, que chegou a ser chamado de “Lotus Elise Latino.”  Associações à parte, o MXT Mastretta prova que nem só de Fusions ou Captivas vive o México.

  • Motor: 2.0 litros, 4 cilindros em linha
  • Potência: 240cv
  • Aceleração de 0 a 100km/h: 5.8s
  • Velocidade Máxima: 230km/h

 

O Mastretta é muita treta...

-Se possível dê sua opinião aqui no Punta Taco. Diga que modelo deste comparativo você mais gostou e porquê, esperamos sua participação!

Fonte : Dados de fábrica

Autor : Emerson Martinez

 





Parada do Orgulho Clássico

8 06 2010

Inspeção veicular para antigos. Haverá luz no fim do túnel?

Mais um domingo da Estação da Luz, mais uma reunião mensal de clássicos. A temperatura baixa e o feriadão não diminuíram o público. Um sol tímido dava as caras, onde havia sombra, muito frio e escuridão, o que tornou um pouco díficil a tarefa de tirar fotos. O evento do dia  06/6 coincidiu com a Parada Gay, e não podemos dizer também que dono de carro clássico não pertença a um grupo ‘marginalizado’.

Os típicos bate-papos, sobre mecânica e procura de peças, neste domingo, cederam espaço para a injusta inspeção veicular, que também serão submetidos os automóveis antigos.  Injusta, porque se trata de automóveis que rodam pouco, uma vez por semana, alguns até uma vez por mês. Embora sejam sim mais poluentes na teoria, devido ao seu pouco uso, acabam jogando na atmosfera, menos monóxido de carbono que mordeníssimos carros injetados e catalisados que rodam diariamente, e muitas vezes desnecessariamente. Entupindo nossas vias  com congestionamentos monstro.

Que mané inspeção veicular o quê...Pedala Kassab!!!

Sem falar na proliferação de motos, uma moto pode chegar a poluir até 7X mais que um automóvel, e também rodando impunemente caminhões dentro da cidade, até no centro! A frota de ônibus coletivos é outra vilã, que pela cara tarifa cobrada pelas empresas do setor, poderiam já aportar investimentos em combustiveis alternativos menos poluidores.

Enfim, fica claro o caráter meramente arrecadatório da prefeitura, que reina sobre qualquer iniciativa sincera de melhorar o meio-ambiente e a qualidade de vida do cidadão. E se Gilberto Kassab pensa em se reeleger, pense de novo. No que depender pelo menos de donos de carros clássicos, e a maioria de membros de auto clubes, ele perdeu uma significativa e qualificada quantidade de votos.

Deixando a política de lado e falando de coisa que vale a pena. A Estação reuniu impecáveis classicos esportivos, e se eu tivesse que destacar uma marca, seria a Porsche. A começar por um rarissímo Spyder 718 RS60 1960, um outro modelo mais ‘domesticado’, um 356 1954 conversível e também o onipresente 911, preto ano 1978. Além dos alemães, 2 Minis clássicos, sendo um deles  o Morris GT1275, 1973 e sua frente “modernizada” reestilização que na época não agradou. Vale a curiosidade.

Olha que nesta inspeção, se bobear, vão querer ver até nossos dentes...

Um Corvette C2 1958 com rodas palito de maior diâmetro, outro Corvette já da crise energética de 1974 chamou a atenção do público e foi chamado de “Ferrari” algumas vezes. Um Caprice 1975 Lowrider no melhor estilo chicano me dificultou um pouco a vida para tirar fotos, tamanho era o assédio das pessoas. Além das fotos confira nosso video amador dessa bela barca.

Dos nacionais destaco o raro esportivo Puma GTB, 100% brasileiro em termos de projeto, esse também ganhou outras marcas e versões na boca dos leigos. Encontro de antigos é assim, um pouco de entreterimento e um pouco educativo. Se pode aprender muito sobre carros e até como a votar decentemente., mas não confiem só nas minhas palavras, apareçam lá no mês  que vem para prestigiar.

-Emerson Martinez

AS MÁQUINAS

Porsches Clássicos:

Porsche 718 RS60 Spyder, 1960

Porsche 356 Conversível, 1954

Porsche 911, 1978

 

Alfa Spyder, Bugatti Type 35A, Mini Coopers:

Alfa Romeo Spyder, 1968

Trivia: Este é o mesmo modelo que Dustin Hoffman dirigiu no filme, A Primeira Noite de um Homem.

Mini Morris 1275GT, 1973

O Mini Cooper por sua vez "atuou" no filme, Um Golpe à Italiana, com Michael Caine.

Mini Cooper S, 1968

Bugatti Type 35A, 1925 (Réplica)

 
Os Chevys:
 

Chevrolet Corvette C2, 1958

Polêmicos vincos no capô...

Corvette Stingray, 1974

Camaro Z/28, 198?

Chevrolet Caprice Lowrider, 1975

Belas rodas e pneus Toyo.

Será que tem direção hidraúlica?

Chevy Impala, 1961

Chevy Cup Hot Rod, 1933

Se liga nesses coletores Kassab.

 

Os Nacionais:

Puma GTB, 1978

São 171cv bem famintos...

É o meu modelo de Puma preferido.

Fastback nacional e com muito estilo.

Ford Maverick GT, 1974

E onde estão os Opalas SS?

Dodge Dart DeLuxo, 1973

Ao menos o dono deste Dart acredita no Dunga, haja fé...

Slides:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Video Chevy Lowrider:





Salão de Beleza

7 06 2010

Um Nissan GTR bem mais ou menos e...

Quem já foi em algum Salão do Automóvel em São Paulo, sabe que é um olho no peixe outro na gata, ou melhor gatas! Em 2008, no último evento realizado, não foi diferente, loiras e morenas ofuscavam as novidades das montadoras. Isso pra não falar nos estandes mais chatos e carros idem, que visitamos só por causa delas. Sonhos de consumo? Não! Elas são sonho de casamento.

Nessas horas o maior especialista em mecânica, ou o mais interado fã de marca, vira um leigo que mal sabe quantos parafusos prendem uma roda. Tudo para ganhar uns minutos a mais dentro dos carros ao lado destas princesas cheirosas que nos explicam tudo sobre o automóvel e nós somos nada ouvidos e só olhos diante de tanta beleza.

O blog Punta Taco não existia em 2008, mas este ano tem mais um Salão do Automóvel, e estaremos lá para conferir essas belas modelos e seus carrinhos. Estes, meros itens opcionais.

Vejam se estou ou não com a razão:

Este slideshow necessita de JavaScript.

...e uma linda morena do estande da Nissan.

Ford Ka 'Beauty' mas convenhamos...

...'beautiful' mesmo só a modelo que o acompanhava...

Quem disse que carro americano não é bom de curvas?

Pelo menos este Ford Mustang Shelby 500KR prova o contrário...

Estande de SUV? Passo longe...a não ser que...

...a gatinha da Mercedes-Benz "me explique" que carro é esse (Eu sei que é um GLK)

"Kia Soul, o carro design?"

Então essa deve ser a neta do Giugiaro, oras!

Como toda apresentação de axé, convém tapar os ouvidos e abrir bem os olhos...

Duas belezas clássicas...

-Emerson Martinez