África do Sul vs. México

11 06 2010

É chegada a hora! Quais destes esportivos se classificariam para uma vaga na sua garagem?

Em ‘Confrontos da Copa’ queremos saber a sua opinião. Entre esportivos clássicos e atuais, muscle cars, supercarros, roadstes e até SUV’s queremos saber quais destes “craques” você queria no seu time de carros. E pra começar dois que abriram a Copa do Mundo, África do Sul e México.

Representando os Bafana Bafana, o Muscle Africano Chevrolet Firenza Can-Am 1973, série especial raríssima de apenas 100 unidades com motor de Camaro 302 e 290cv . Do Lado mexicano o moderno roadster Mastretta MXT 2008, equipado com motor Ford Duratc de 240cv. Escolha quem tem mais folêgo e desempenho nessa Copa!

Do lado Africano joga esse belo Chevrolet Firenza de 5 litros e 290cv

Chevrolet Firenza Can-Am 1973:  Um dos raros Muscle Cars sul-africanos, este chevrolet tem origem no Vauxhall Firenza inglês, porém a versão Bafana Bafana é muito mais atlética. Este modelo foi equipado com o motor do Camaro Z/28 de 1969, são 290cv e um desempenho avassalador, já que o Firenza africano é um tanto quanto menor e mais leve que o Camaro. Foram fabricadas apenas 100 unidades, somente para homologar o modelo nas provas de turismo na África do Sul.

De tão raro, até réplicas deste modelo alcançam valores vultuosos, nascido sob o regime cruel do Apartheid, talvez hoje o Firenza sirva de inspiração para o desenvolvimento da industria automoilística sul-africana hoje.

  • Motor: 5.0 litros, 8 cilindros em V
  • Potência: 290cv @ 4600rpm
  • Torque: 44,3 mkgf @ 2400rpm
  • Aceleração 0 a 100km/h: 5.4s
  • Velocidade Máxima: 229km/h

Com tantos cavalos será que dá zebra?

 
 
 
 

Pela seleção mexicana joga o picante MXT

Mastretta MXT 2008: O MXT tem muita fibra, fibra de vidro, e é uma iniciativa da empresa Tecnoidea de produzir um esportivo 100% mexicano, ou quase, num país repleto de fabricantes estrangeiros. Apresentado como protótipo em 2008, o MXT iniciou sua produção em dezembro daquele ano, visando principalmente o mercado americano e europeu.

Seu motor é um Ford Duratec de 240cv, que empurram só 970kg. É de se esperar um excelente desempenho de um carro compacto como este, que chegou a ser chamado de “Lotus Elise Latino.”  Associações à parte, o MXT Mastretta prova que nem só de Fusions ou Captivas vive o México.

  • Motor: 2.0 litros, 4 cilindros em linha
  • Potência: 240cv
  • Aceleração de 0 a 100km/h: 5.8s
  • Velocidade Máxima: 230km/h

 

O Mastretta é muita treta...

-Se possível dê sua opinião aqui no Punta Taco. Diga que modelo deste comparativo você mais gostou e porquê, esperamos sua participação!

Fonte : Dados de fábrica

Autor : Emerson Martinez

 

Anúncios

Ações

Information

2 responses

11 06 2010
MarcioK

Eu ficaria com o Firenza, não só por ser antigo, mas por sua raridade.
Abraço!

11 06 2010
Emerson Martinez

Valeu Márcio! Gol da experiência…rsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: